sábado, 21 de dezembro de 2013

Final de Ano!!!

Aos meus leitores os meus sinceros votos de Boas Festas, independente de suas religiões e crenças, afinal somos todos humanos e todos dividimos o mesmo planeta.


Todo final de ano é uma época de reflexão, no final do ano passado eu comecei  uma série de publicações sobre os problemas encontrados pelos deficientes no Brasil, com o intuito de alertar  aqueles deficientes que desejam vir ao Brasil para os grandes eventos "Copa do Mundo" e "Olimpíadas".

Eu comentava sobre as casas de show e o Brasil foi pego de surpresa pela tragédia de Santa Maria, eu comentava sobre os transportes e o Brasil explodiu em protestos durante a "Copa das Confederações" e o final do ano ainda trouxe as tristes imagens do conflito entre torcidas no jogo entre o "Vasco" e o "Atlético Paranaense", mostrando que aqui, embora não hajam questões raciais ou religiosas, mata-se por futebol.

Os problemas do Brasil se resumem ao fato dos vários governos por décadas tratarem a "Educação" como despesa e não como investimento, professores mal pagos, sem um plano de carreira, sem atualização, sem perspectiva de crescimento, beneméritos lutadores compõe o quadro do ensino publico por todo o país.

Contudo, existe uma esperança para nós deficientes neste Brasil, este ano eu estive na Universidade Mackenzie e tive a oportunidade de conversar com alunos dos cursos de arquitetura e de engenharia civil, com eles eu fiquei sabendo que em ambos os cursos existem matérias específicas que tratam da inclusão.

Quando eu cursei engenharia na década de oitenta, não havia esta preocupação.

Ainda neste final de ano, eu fui agraciado com a visita da Letícia, do Maurício e da Bárbara, alunos de jornalismo da Universidade Anhembi Morumbi, que fizeram um documentário comigo a respeito de minha deficiência e de minha visão da vida e do mundo.



video

Como vocês podem ver, o trabalho deles ficou maravilhoso e trabalhos como este nos devolve a fé em um mundo melhor. O meu muito obrigado a este grupo de jovens e a todos que hoje em suas vidas acadêmicas começam a promover a inclusão.



Aqui, uma foto minha com a Letícia, a Bárbara e o Maurício (gente que faz a diferença), após a gravação do documentário:




Mais uma vez, Boas Festas a todos!!!


Um comentário: